Buscar
  • Fabio Abramson Junior

O que fazer no Farol de Santa Marta -SC

Se você busca Praias Paradisíacas, muita natureza, cultura local, cultura ancestral, ótimas opções de ondas, Trilhas, um belo por do sol e lindos locais para tirar fotos, o Farol de Santa Marta é o seu vislumbre.

Por todas essas possibilidades que esse local mágico traz, resolvemos trazer um pouco de informação e expandir o nosso e o seu conhecimento sobre esse pedacinho do paraíso.


Para começar, a chegada ao Farol de Santa Marta pode ser feita através de dois locais. O primeiro, serve melhor para quem vem do Sul. O acesso é através da cidade de Jaguaruna. Essa entrada é mais usada pelos gauchos, que visitam muito a praia, já que é a primeira praia famosa de Santa Catarina de quem vem do Rio Grande do Sul. Atualmente o caminho é pavimentado e fácil para acessar de carro, porém uns anos atrás, a aventura já começava na chegada, pois muitos carros ficavam atolados na areia fina ou mesmo no barro formado no trajeto.


Já o segundo acesso é através de Laguna. O caminho é mais curto, porém necessita trasladar com uma balsa.

A verdade é que o acesso é o que menos importa, pois seja por onde você chegue, certamente ficará muito feliz em conhecer esse local maravilhoso.


Bom, claro que em sua visita um dos lugares que deve ser visitado é o próprio Farol que foi erguido em 1891 e tem quase 30m de altura. O Farol é um dos mais potentes do País em alcance e serve como guia para as embarcações. A visita rende ótimas fotos e um passeio muito agradável e tranquilo.

O Cabo de Santa Marta, comporta varias praias, sendo que as principais são: Cardoso, Cigana, Teresa, Galheta, Gravata e Prainha.

Minha preferida sem dúvida é a Praia do Cardoso. Além de muito bonita a praia possui um dos melhores locais de surf do Brasil. As ondas no inverno chegam até 3m com boa condição de surf. A praia é extensa, assim como a faixa de areia.


A concentração das casas e pousadas está localizado na Vila da Prainha. Antigamente haviam somente casinhas pequenas de pescadores e moradores locais. Atualmente está mais moderno e é comum ver algumas casas atuais de pessoas de fora que se apaixonaram pelo local. Na vila também estão os restaurantes, mercados e também os locais de vida noturna. O réveillon também é feito ali. O Tribo Bar é o mais tradicional entre as opções noturnas e está aberto desde os anos 90, período que comecei a visitar o local.


A trilha mais tradicional é a que da acesso a Praia Grande. É uma trilha que além proporcionar lindos visuais e ser ideal para ótimas fotos, tem um nível tranquilo.


Outra atração imperdível são os Sambaquis. Locais com registros pré-históricos, usados como funerais ou rituais da época. Nessa região dos Sambaquis, fica provavelmente o melhor local para admirar um lindo por do sol.


O Farol de Santa Marta é aquele lugar onde você quer caminhar de pés descalços e curtir o ambiente como se tivesse nascido e passado a vida toda na natureza. Um lugar para se conectar com você mesmo. São muitas lindas praias para conhecer.


Na baixa temporada o local fica bem sossegado. Já na alta temporada, principalmente em réveillon e carnaval o lugar fica lotado. Seja qual período você deseje visitar, respeite os moradores e cuide da natureza. Se for surfista, respeite os surfistas locais.


Para os turistas que estiverem ou estão planejando visitar Floripa, o Farol está a apenas 140km. Nós da South Travel, fazemos esse tour ou mesmo traslado de clientes que chegam no Aeroporto Hercílio Luz ou Rodoviária. Consulte-nos.



Acesse também nosso post sobre a Praia do Rosa e conheça esse outro pedaço do Paraíso.


Espero ter ajudado com algumas dicas sobre esse lugar tão especial. Nos encontramos no próximo post.







2 visualizações